Ele os viu dormindo quando voltou, pediu que vigiassem e voltou a falar com o seu Pai. Sua alma estava aflita, afinal, Ele sabia o que iria acontecer. Ele sempre soube. Era uma tristeza profunda, mas a vontade do seu Pai era mais importante. Então veio o beijo, o beijo daquele que estava na mesa da ceia algumas horas atrás, daquele que andava com Ele e que o traiu. Era chegada a hora.

No Sinédrio, Ele escutou “É réu de morte”. No coração de Pedro, Ele foi negado. No meio dos sacerdotes e líderes, Ele foi condenado. Ele estava sozinho?

O seu próprio povo gritava “Barrabás” enquanto o seu coração gritava perdão. O seu próprio povo gritava “crucifica-o” enquanto sua vida gritava graça.

Bateram, insultaram, cuspiram e o envergonharam. Estava dolorido, machucado. Ele foi condenado.

No Gólgota subia uma nova cruz e ali estava Ele no meio de dois ladrões e com pregos em suas mãos e pés. Ali estava o Rei com uma coroa de espinhos em sua cabeça. Ali estava o perdão, a redenção, a graça.

Naquela cruz estava aquele que tinha cuidado da multidão, operado milagres, curado muitos. Aquele que multiplicou e transformou. Aquele que foi condenado a morte por amar demais.

Ele deu seu último suspiro e entregou sua vida para quem o enviou. O véu se rasgou. A Escritura se cumpriu. Lá estava Ele, naquela cruz, sem ter cometido nem sequer um erro… O justo morto pelos injustos.

Envolto em um lençol de linho, foi sepultado no interior de uma rocha com uma grande pedra para fechar a entrada. Muitos choravam, todos se dispersaram, a esperança tinha acabado… Era o fim.

Depois de três dias, na manhã de domingo, elas foram vê-lo, foram chorar pela perda, lamentar… mas, elas não o encontraram. A pedra tinha sido removida e o túmulo estava vazio.

No meio do desespero, a esperança voltou. No meio da descrença, a fé surgiu. No meio da morte, o amor prevaleceu.

Ele mudou a nossa história. Ele venceu a morte. Ele fez a vontade daquele que nos ama de tal maneira. Ele é o caminho. Ele é a verdade. Ele é a vida. Ele é real. Ele vive.

“Respondeu Jesus: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.” 

‭‭João‬ ‭14:6‬ ‭NVI‬‬


“Mas ele foi traspassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniquidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.”

‭‭Isaías‬ ‭53:5‬ ‭NVI


“Porque Deus tanto amou o mundo que deu o seu Filho Unigênito, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dele.”

‭‭João‬ ‭3:16-17‬ NVI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s