MUDANÇA

Meu apartamento está lotado de caixas. Nos mudaremos essa semana e cada canto da casa tem algo embalado pronto para ir para o nosso novo lar. Eu e meu marido estamos gratos por tudo o que vivemos aqui e cheios de esperança pelo que ainda vamos viver lá. Parece que foi hoje o dia que sentei no chão desse lugar e imaginei tantas coisas que viveríamos, fiz planos, me organizei. Quando a vida veio, ela bagunçou alguns sonhos ou outros, mas no final de mais uma etapa, só posso agradecer.
Essas caixas carregam memórias. Lembro-me do dia que adotamos nosso primeiro cachorro, do dia que conseguimos juntar dinheiro para comprar um sofá ou de quando passamos a tarde pintando as paredes. Lembro-me das noites cansados no escritório, dos cultos ajoelhados no sofá e das danças na sala. Mas, o tempo passou, chegou a hora de ir, chegou a mudança.
Nas mudanças da vida, precisamos ser seletivos com aquilo que guardamos nas caixas. Não adianta levar coisas demais ou de menos. Existem momentos que nos dão a oportunidade de deixar aquele sofá velho, o casaco que não se usa mais e as mágoas e tristezas que já ficaram antigas na estante. Não adianta entrar em uma nova fase da vida carregando todo o passado na mochila ou levando aquilo que chegou o seu tempo de ficar.
As mudanças vem para nos tirar da nossa zona de conforto e ao mesmo tempo nos dar a esperança de algo novo. Neste novo ano que se inicia, nada melhor do que fechar algumas caixas com aquilo que seja mais precioso e fazer uma limpeza daquilo que já não importa mais. É tempo de deixar a lembrança que machuca, mas também embrulhar com muito cuidado os amigos que nos fazem rir. É importante jogar fora a dor que fere e guardar o amor que cura. É tempo de doar aquilo que não se usa mais e abrir espaço para novas coisas acontecerem.
Há alguns anos atrás eu entrava em um apartamento vazio com um coração apreensivo sobre como seria. Hoje deixo um apartamento decorado e estou transbordando de gratidão sobre como foi. Deus trabalha com mudanças o tempo inteiro na nossa vida. Ele fecha uma porta para abrir outra e muda as estações para entendermos que independente do sol ou da chuva, Ele continua nos direcionando para algo melhor.
No começo de um desafio pode até parecer que as paredes vão ficar sempre brancas, mas ao longo da caminhada a fé vai pendurando quadros, os sonhos vão pintando as paredes e a esperança vai decorando os cantos. Quando percebemos, já estamos prontos para receber novas chaves.


MOVING (Coming soon)

2 comentários sobre “

  1. No mês de março estou de mudança para outro Estado, é muitas vezes entre a ansiedade e medos, há uma paz, de que tudo que se entrega a Deus não se perde.

    Obrigado pela reflexão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s