CRIADOR

O Pintor que admira a sua própria obra de arte. O Escritor que gosta da sua própria história. O Criador que ama sua própria criação.

As maiores montanhas e as mais altas construções nunca se compararão com a sua grandeza e a mais formosa flor ou o céu mais estrelado não chega perto da sua beleza. O mais profundo do oceano ou o mais forte dos furacões não alcançam o seu poder.

Aquele que controla as ondas, se importa com o meu dia. Aquele que sopra os ventos, sabe a quantidade de fios do meu cabelo. Aquele que forma as nuvens, sabe o meu nome. Aquele que organiza os planetas, conhece meu coração. Aquele que desenhou cada grão de areia, se preocupa com a minha vida. Aquele que pintou os céus, me chama para perto.

Ele segura a asa de um borboleta em uma mão e a galáxia e suas cores na outra. Sonda cada coração e se preocupa com sua criação. Acalma a nossa alma enquanto controla a existência de tudo. Está no nosso quarto escutando as nossas orações enquanto sustenta o mundo.

E mesmo com toda sua grandiosidade e soberania, se fez carne, sentiu dor, virou medíocre e morreu na cruz. Ele escolheu a graça.

Na próxima vez que você não se sentir amado, se encontrar sozinho ou achar que foi esquecido, lembre-se que o Criador do Universo está pronto para te chamar de filho.


CREATOR

The Painter who admires His own masterpiece. The Writer who likes His own story. The Creator who loves His own creation.

The highest mountains and tallest constructions can never be compared to His greatness. The prettiest flower or most starry sky will never come close to His beauty. The deepest ocean or the strongest hurricane can’t beat His power.

The One who command the waves, cares about my day. The One who blows the winds numbers every hair on my head. The One who forms the clouds knows my name. The One who organizes the planets knows my heart. The One who drew every grain of sand cares about my life. The One who painted the skies calls me closer.

He holds the wings of a butterfly in one hand and the galaxy and all it’s colors in the other. He searches each heart and cares about His creation. He calms our soul while controlling the existence of everything. He’s in our room, listening to our prayers while holding the world.

And even with all His greatness and sovereignty, He became flesh, felt pain, became mediocre and died on the cross. He chose grace.

Next time you don’t feel loved, or find yourself alone or thinking that you’re forgotten, remember that the Creator of the universe is waiting to call you son.

2 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s