Furacão

Quando ela chega, tudo muda. Não conseguimos mais nos concentrar. Ela fica com toda atenção e faz questão de não dividir com nada. É perigosa, e se não vigiar, assume o controle. Ela chega assim, fazendo caminho e conquistando espaço. Seu nome? Ansiedade.

Esses dias estávamos nos preparando para a chegada do grande furacão Irma, tudo estava um caos, mercados com prateleiras vazias de água, postos de gasolina com filas enormes, e sem contar a quantidade de noticias repletas de fotos e cenas tristes da trajetória do furacão. Todos estavam se preparando, comprando comida enlatada, estocando agua, colocando gasolina, era uma correria nos mercados, nas casas, nas ruas.

Os dias anteriores foram tensos, não sabíamos como seria. Eu, por exemplo, nunca tinha passado por um furacão. Ele seria categoria 4 mesmo ou perderia força? Enquanto esperávamos ele chegar, não tínhamos percebido que ela já estava conosco faz tempo.

A ansiedade de passar, de ver o furacão perder força, de saber se ficaria tudo bem. Meu celular era só para pesquisar sobre o furacão, toda a minha casa mudou de configuração, o assunto em todos os lugares, a primeira coisa que eu pensava quando acordava. Podia não acontecer nada, mas também podia acontecer. E agora?

Quando estamos prestes a viver algo diferente, acabamos fazendo exatamente isso: deixando ela dominar tudo. Deixando a ansiedade tirar o nosso sono e roubar a nossa paz. Ela vem com a notícia, com um acontecimento de vida, com o medo, e até mesmo com uma lembrança. Ela vem quando deixamos a porta aberta ou quando provocamos.

Viver traz ansiedade, e às vezes ela não é ruim. Aquele frio na barriga de chegar o dia do casamento, os milhares de sonhos pensando em como será o rosto do filho, a entrevista de emprego, a formatura, a viagem de férias tão esperada. Ela vem, fica um pouco, traz a emoção e vai embora. O problema é quando ela resolve ficar e morar. Quando damos o domínio para ela e não conseguimos mais ver a parte boa de nada, ter esperança, ou uma noite de sono tranquila. O que era para ser simples fica super complicado, e o que era para ser um problema, vira desespero.

As mudanças vem e as dificuldade também. Os desafios, a adrenalina, o novo. Não deixe a ansiedade tirar de você o prazer de viver, mesmo quando está difícil. Não a deixe dominar a situação, e muito menos seus pensamentos. Se você puder fazer algo para resolver, faça. Se não puder, não perca sua paz por isso.

A ansiedade não vai poder tirar o seu problema e muito menos pagar as suas contas. Ela não é sua amiga, e muito menos sua colega de quarto. Não esqueça que você é que precisa ter o controle sobre ela, e não ela sobre você.

A boa notícia e a maior esperança é que não precisamos lidar com a ansiedade sozinhos. Ela não é invencível e não é mais forte do que a nossa decisão. Se estiver difícil, entregue tudo para quem te ama e vai cuidar de você. Para alguém que vai carregar esses fardos pesados e acalmar a sua alma. Alguém que vai te ajudar a trocar os pensamentos negativos pela esperança, no momento que você experimentar a fé. Deus é muito maior que qualquer problema, e o único que pode trazer a paz no meio do caos. Crer na soberania Dele exige tirar o espaço da sua ansiedade.

Quando furacão vier, se prepare, mas não perca tempo se preocupando com aquilo que você não tem o controle, respire fundo, entregue para Aquele que tem o domínio sobre tudo e tenha uma boa noite de sono.

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará o coração e a mente de vocês em Cristo Jesus.” Fp 4:6-7

“Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida?” Mateus 6:27

“Quando a ansiedade já me dominava no íntimo, o teu consolo trouxe alívio à minha alma.” Salmos 94:19


Hurricane

When it comes, everything changes, we can’t stay focused anymore. It grabs the attention to it and makes sure it stays this way. It’s dangerous, and if you don’t keep an eye open, it takes over. This is how it arrives, making way and gaining space. It’s name? Anxiety.

These days we were getting ready for the great hurricane Irma. It was total chaos. Supermarkets with empty water shelves, gas stations with endless lines and on top of it all news channels constantly showing us scenes of how devastating the hurricane has already been. Everyone was bracing themselves, buying canned food, stocking up on water, buying gas – it was crazy in the markets, homes and streets.

The previous days were tense, we didn’t know how it would be. I, for one, had never been through a hurricane before. Would it really be a cat 4 or would it weaken? While we were waiting for it to arrive, we did not realize that he was with us already.

The anxiety of going through it, seeing the hurricane loose speed, not knowing if things would be fine. The sole purpose of my phone was to get updates on the hurricane, we changed the whole setting of my house, it was the hot topic everywhere and the first thing I thought about when I woke up. It might be nothing after all, but something could also happen.

When we are about to live something different, we end up doing doing exactly this: allowing it to take over. Allowing anxiety to keep us awake and steal our peace. It arrives with an announcement, with a daily happening, with fear and even with a memory. It comes when we let the door open or when we poke it.

Life comes with anxiety and sometimes it’s not bad. Those butterflies in your stomach on your wedding day, the thousands of dreams of how will your baby’s face be, that job interview, graduation day, that holiday trip that you’ve been waiting for so long. It comes, stays for a while, brings emotion and leaves. The problem is when it decides to stay and live in there, when we hand over control to it and we can’t see the good things anymore, we get hopeless and sleepless. What was supposed to be simple gets complicated and what was supposed to be a problem becomes despair.

Changes come and troubles too. The challenges, the adrenaline – the new. Don’t let anxiety steal from you the pleasure of living, even when things are tough. Don’t let it dominate the situation, much less your thoughts. If you can do something to solve the situation, do it. If you can’t, don’t loose peace over it.

Anxiety won’t be able to solve your problems, much less pay your bills. It is not your friend or your roommate. Don’t forget that it is you that needs to control it, and not the the other way around.

The good news and greatest hope is that we don’t have to deal with anxiety alone. It is not invincible and it’s not stronger than our own decisions. If it’s too hard to bear, hand it over to who loves you and will take care of you. Hand it over to someone who will carry these heavy burdens and calm your soul. Someone who will help you trade negative thoughts for hope the moment you experience faith. God is so much bigger than any problem and is the only one who can bring peace into chaos. Believing in God’s sovereignty requires getting rid of your anxiety’s space.

When the hurricane comes, get ready, but don’t waste time worrying over things you can’t control. Take a deep breath, hand it over to the One who rules over everything and have a good night of sleep.

“Do not be anxious about anything, but in every situation, by prayer and petition, with thanksgiving, present your requests to God. And the peace of God, which transcends all understanding, will guard your hearts and your minds in Christ Jesus.”Ph 4:6-7

“Can any one of you by worrying add a single hour to your life?” Matthew 6:27

“When anxiety was great within me, your consolation brought me joy.” Psalm 94:19

2 comentários sobre “

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s