SAL

       Esses dias estava cozinhando um macarrão a bolonhesa e coloquei muito sal na carne moída.  Não ficou o melhor prato, mas conseguimos comer mesmo assim. Depois de algumas semanas fui me aventurar a fazer de novo o molho bolonhesa, mas desta  vez fui esperta e não coloquei tanto sal, mas o problema é que dessa vez a comida estava completamente sem sal. E a comida sem sal não tinha graça alguma. Na primeira garfada o saleiro já estava na mesa.

       Admito que eu não sou uma chefe de cozinha, meu marido cozinha muito melhor do que eu. Mas eu gosto de fazer coisas que sejam práticas,  e uma das coisas que são indispensáveis quando estamos preparando uma comida é o sal. O sal tem o poder de trazer gosto para aquilo que não tinha, de dar vida para aquilo que estava morto. Usamos o sal quando queremos preservar algo também, para tirar odores,  e algumas pessoas usam até mesmo para limpar.

       É de sal que a Bíblia nos chama. Jesus podia ter dito que éramos pimenta, talvez teria mais graça do que o sal. Até mesmo de orégano, teríamos um sabor mais exótico. E quem sabe não poderíamos ser o açúcar? Mas Jesus diz que somos o sal, e não um sal qualquer. Somos o sal da terra, o sal deste mundo.

       O mundo está sem graça, sem sabor. Satanás tem roubado toda a alegria. O mundo está escuro, perdido e sendo destruído pelo próprio homem e seus pecados. A esperança está ficando rara e o medo tem estado cada vez mais presente. Qual a graça? Onde está o sabor? Cadê a vida? O mundo está insosso, está estragando.

       O sal preserva, o sal dá sabor. E somos nós, os filhos de Deus, que trazemos o sabor para esta terra. O sal faz com que o mundo entenda o verdadeiro significado de viver. Nós temos aquilo que todos estão procurando, nós somos a prova viva da esperança. Não somos poderosos, mas Deus é. O sabor não vem de nós, mas vem de Deus. Deus é quem nos fez sal. Ele, através de Jesus Cristo, resgatou o nosso sabor e nos deu vida. Em, por sermos sal, a nossa função neste mundo é salgar.

       Jesus diz de forma bem direta: “Vocês são o sal da terra. Mas, se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.” O sal sem o sabor não tem utilidade. O sal que não salga, ou seja, o sal que não vive com Deus e não fala de Deus,  não tem sabor. Somos sal para salgar a terra,  e não para guardar todo o sabor para nós mesmos. Ser sal significa sair para salgar, falar do amor de Deus e mostrar que existe sim uma esperança.

       Salgar é viver de forma diferente, mostrar Deus nas nossas palavras e atitudes. Salgar é pregar o evangelho, falar do plano da salvação. Salgar é viver como Jesus, falar da nossa fé e esperança. Salgar é se entregar para Deus e dizer: Senhor, usa-me como quiser.

Você está pronto para ser sal? Está pronto para trazer vida para o que esta morrendo?

“Vocês são o sal da terra. Mas, se o sal perder o seu sabor, como restaurá-lo? Não servirá para nada, exceto para ser jogado fora e pisado pelos homens.” Mateus 5:13


 

SALT

       One of these days I was cooking pasta with meat sauce and I put a lot of salt. It wasn’t the best dish, but we managed to eat it anyway. After a few weeks, I ventured out to make the sauce again, but this time I was smart and didn’t add as much salt, but the problem is that this time the food was completely unsalted – and food without salt is not good at all. In the first mouthful the salt shaker was already on the table.

       I admit that I am not a chef, my husband cooks much better than me, but I like to do things that are practical, and one of the things that is indispensable when we are preparing food is salt. Salt has the power to bring taste to what didn’t have any, to give life to what was dead. We also use salt when we want to preserve something, to remove odors, and some people even use it to clean.

       It is salt that the Bible calls us. Jesus could have said that we are peppers, maybe it would’ve been more fun than salt. Even oregano, we would have a more exotic flavor. And who knows, maybe we could be sugar? But Jesus says that we are salt, and not just any salt. We are the salt of the earth, the salt of this world.

       The world is bland, tasteless. Satan has stolen all joy. The world is dark, lost and is being destroyed by man himself and his sins. Hope is becoming rare and fear is increasingly present. What’s funny? Where’s the flavor? Where’s life? The world is bland, it is spoiling.

       Salt preserves, salt gives flavor. And it is us, the children of God, who bring the flavor to this earth. Salt makes the world understand the true meaning of living. We have what everyone is looking for, we are living proof of hope. We are not powerful, but God is. The taste does not come from us, but it comes from God. God made us salt. He, through Jesus Christ, redeemed our flavor and gave us life. And because we are salt, our job in this world is to season it.

       Jesus says directly: “You are the salt of the earth. But if the salt loses its flavor, how can you restore it? It will be of no use, except to be thrown away and trampled by men.” Salt without flavor is of no use. Salt that doesn’t season, that is, salt that doesn’t live with God and doesn’t speak of God, has no flavor. We are the salt to season the earth, not for keeping all the flavor to ourselves. Being salt means going out to season, talk about the love of God and show that there is hope.

       To season is to live differently, to show God in our words and attitudes. To season is to preach the gospel, to speak of the plan of salvation. To be salt is to live like Jesus, to speak of our faith and hope. To be salt is surrendering to God and saying: Lord, use me as you wish.

       Are you ready to be salt? Are you ready to bring life to the dying?

“You are the salt of the earth. But if the salt loses its saltiness, how can it be made salty again? It is no longer good for anything, except to be thrown out and trampled underfoot.” Matthew 5:13

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s